domingo, 10 de outubro de 2010

O Beijo dos Elfos - Aprilynne Pike



Laurel é uma jovem de quinze anos diferente – frágil, vegan e amante da natureza – que se muda com os pais para outra cidade.
Integrar-se na nova escola e fazer amigos são questões complicadas para uma rapariga tímida como ela, mas o atraente David ajuda-a a ambientar-se.
É então que acontece algo inexplicável que aterroriza Laurel: diante do espelho, vê surgir sobre os seus ombros umas formas longas branco-azuladas, de uma beleza quase indescritível, como pétalas a pairar no ar junto à sua cabeça – semelhantes a asas.
Para perceber o sucedido, a jovem regressa à sua cidade natal, onde conhecera Tamini, um magnetizante rapaz de olhar cor de esmeralda. Ele parece conhecê-la desde sempre e vai revelar-lhe uma verdade aterradora.
A partir desse momento, Laurel ver-se-á suspensa entre dois mundos e dividida entre dois rapazes igualmente fascinantes, que a atraem em direcções opostas...
Nesta extraordinária história de magia, intriga e romance perigoso, tudo o que pensava conhecer sobre o mundo das fadas vai mudar.



"O Beijo dos Elfos" foi sem dúvida uma leitura leve e boa para desanuviar. Foi uma lufada de ar fresco, tendo em conta as leituras anteriores e posteriores.
A história fala acerca de uma rapariga algo misteriosa que se mudou de cidade, deixando para trás a "cabana" onde vivia e o campo onde se deliciava. Laurel é especial, vinda de um outro mundo, bem concessionado e com uma mitologia deliciosa. Adorei as referências mitológicas usadas e as criadas pela autora.
É sem duvida uma história original de que gostei muito. É um livro mais adequado para uma faixa etária inferior à minha, facto que se repara num decorrer da acção sem interrupções, e com poucas descrições. Sinto que os personagens poderiam ser mais aprofundadas, mas tirando isso é uma história que se lê bem, e que nos faz esperar pela sequela, que a propósito sai neste Outono.
7/8 - 10

Sem comentários:

Enviar um comentário