quarta-feira, 15 de junho de 2011

A Minha Vida num Prato - India Knight



A Minha Vida num Prato é um livro hilariante e comovente sobre as venturas e desventuras de uma mulher casada. Clara é uma heroína tão descomedida e despretensiosa que é impossível não gostar dela. Publicado no Verão de 2000, no Reino Unido, tornou-se em pouco tempo num sucesso editorial.



O que dizer deste livro? Sinceramente não sei. Há quem o descreva como uma espécie de cruzamento entre O Sexo e a Cidade, O Diário de Bridget Jones e Donas de Casa Desesperada. Como nunca vi nenhum destes filmes/séries não posso concordar nem discordar. Mas pelo que sei destes, acho que é uma boa comparação.
Neste livro deparamo-nos com Clara, uma mulher casa com dois filhos e um marido que trabalha na Vogue. Um sonho este marido, não é? Não. Detestei o marido dela, principalmente no fim. Quanto a Clara, achei-a por vezes engraçada, outras entediante, e muitas vezes desastrada. E com uma família que não lembra a ninguém. Nesta história seguimos Clara com os seus anseios, as suas dúvidas acerca da sua vida de casada e mãe.
Sinceramente não sei o que achar deste livro. Quando penso nele, fico meia indiferente. Tem bons momentos divertidos, mas entre eles há páginas e páginas que não me puxam para ler. Enfim, talvez alguém goste.

3/7 - Não gostei nem detestei

Sem comentários:

Enviar um comentário