quarta-feira, 9 de maio de 2012

A Guerra dos Tronos - George R. R. Martin


Quando Eddard Stark, lorde do castelo de Winterfell, recebe a visita do velho amigo, o rei Robert Baratheon, está longe de adivinhar que a sua vida, e a da sua família, está prestes a entrar numa espiral de tragédia, conspiração e morte. Durante a estadia, o rei convida Eddard a mudar-se para a corte e a assumir a prestigiada posição de Mão do Rei. Este aceita, mas apenas porque desconfia que o anterior detentor desse título foi envenenado pela própria rainha: uma cruel manipuladora do clã Lannister. Assim, perto do rei, Eddard tem esperança de o proteger da rainha. Mas ter os Lannister como inimigos é fatal: a ambição dessa família não tem limites e o rei corre um perigo muito maior do que Eddard temia! Sozinho na corte, Eddard também se apercebe que a sua vida nada vale. E até a sua família, longe no norte, pode estar em perigo. Uma galeria de personagens brilhantes dá vida a esta saga: o anão Tyrion, ovelha negra do clã Lannister; Jon Snow, bastardo de Eddard Stark que decide juntar-se à Patrulha da Noite, e a princesa Daenerys Targaryen, da dinastia que reinou antes de Robert, que pretende ressuscitar os dragões do passado para recuperar o trono, custe o que custar.


Finalmente, após tanto tempo de resistência , lá cedi a começar a ler esta série. Uma coisa é certa e disse-o a várias pessoas que me viram ler este livro: a série de George R.R. Martin é daquelas séries das quais só vejo opiniões positivas (nomeadamente em blogs que falam de livros). Pode haver séries cujas opiniões podem ser muito contrastante, mas se há série em que vejo só opiniões positivas é esta. No entanto, resistia a lê-la... entre os motivos para isso era saber que era uma história de guerra e fantasia e não sabia se estava preparada para ler uma série assim - apesar de já ter lido livros com guerra - a série "O Senhor dos Anéis" é uma delas, mas já não lia nada do género à algum tempo. Enfim, podia não estar preparada, mas mesmo que ainda não esteja vou ter que continuar porque quero saber como continua. Este livro é muito introdutório, na medida em que conhecemos muitas personagens e muitos locais, mas ainda assim a história decorre e o enredo coloca-se a postos para a guerra que aí vem, que presumo, começa em força no segundo livro (que em inglês é a segunda metade deste livro). No entanto apesar de ser introdutório, faz-nos ler e querer ler mais. Comecei a ler esta história que continua por mais livros e agora não vou conseguir ficar apenas por este. Os próximos serão alugados na biblioteca a que vou, separadamente e devagar para não me enfastiar da história, mas te não me cansar das personagens de que tanto gostei - Arya (a jovem guerreira), Jon Snow (o bastardo), Dany (a princesa do dragão), Bran (o rapaz que voou) e outros tantos. Quero saber o que vai acontecer a Ned e à sua esposa que se encontra no Céu (quem ler o livro irá perceber esta expressão). Quero conhecer melhor o anão Tyron e continuar a odiar o resto do clã Lannister. Resumindo, não quero abandonar todas estas personagens que conheci neste livro. São muitas, é verdade, mas as mais importantes não são esquecidas, e apesar de afastadas em diferentes cenários é fácil seguir a história. Só tenho a dar os parabéns a George Martin. Conquistou-me com uma história que promete, com personagens fantásticas e complexas, com cenários inimagináveis, com línguas e costumes únicos e tudo isto apenas no 1º livro. Obrigada George Martin por me dar uma excelente série para ler. :)

6/7 - Gostei bastante

Sem comentários:

Enviar um comentário