quinta-feira, 31 de maio de 2012

Rebeldes - Anna Godbersen


Rebeldes é o primeiro da série Princesas de Nova Iorque destinada a um público juvenil e eminentemente feminino. Esta história acompanha um grupo de jovens pertencentes à nata da sociedade nova-iorquina dos finais do século XIX. Elizabeth e Diana são filhas de uma das mais prestigiadas famílias. Num ambiente sumptuoso, caracterizado através da moda, dos ambientes ricamente decorados e da esplendorosa arquitectura da Gilded Age, vivem como verdadeiras princesas. Mas a verdade é que o estatuto social lhes impõe pesados sacrifícios, como acontece à primogénita, Elizabeth, cuja vida é alvo de mexeriquices e invejas que inspiram as colunas sociais da imprensa da época, mas que se vê compelida a aceitar um casamento por conveniência. Um romance escrito sob a inspiração de Edith Wharton, em que a idade da inocência é tudo menos inocente.

Comecei a ler este livro com expectativas não muito altas, mas surpreendi-me. Princesas de Nova Iorque retrata a vida interligadas de vários jovens adultos da alta sociedade de Nova Iorque nos finais do século XIX. O medo do escândalo, as notícias/fofocas dos jornais, provas de vestidos, bailes, abundam neste livro. Mas é o interagir entre as personagens que realmente nos agarra. A história de Elizabeth, Will, Diana e Henry e a pérfida Penelope conseguem fazer com que não queiramos largar o livro, e aumenta a vontade de saber como a história acaba. Agora que já acabou, aumenta a vontade de saber o que acontece nos volumes seguintes :)
5,5/7 - Gostei muito

Sem comentários:

Enviar um comentário