quarta-feira, 7 de novembro de 2012

A Cruz de Morrigan - Nora Roberts


Uma batalha entre as forças do bem e do mal está prestes a começar. De um lado Lilith, a vampira mais poderosa do mundo. Do outro, a deusa Morrigan, que tudo fará para a travar com o seu círculo…

Irlanda, século XII. O feiticeiro Hoyt está destroçado pela perda do seu irmão gémeo, transformado num vampiro pela poderosa Lilith. A deusa Morrigan está determinada a enfrentar Lilith e avisa Hoyt de que chegará um dia em que se formará um círculo de seis, destinado a enfrentar Lilith e salvar a Humanidade. Hoyt usa os seus poderes para viajar à Nova Iorque dos dias de hoje onde descobre o seu irmão, um homem bem-sucedido mas frio e cínico, e pede-lhe auxílio na luta contra Lilith. Mas o círculo não está completo sem os poderes mágicos da artista Glenna Ward. Hoyt não confia na magia dela, mas ambos farão tudo para alcançar os seus objetivos. E ao enfrentarem legiões de inimigos, apercebem-se de que o amor que cresce entre ambos poderá aumentar as probabilidades de derrotarem Lilith…


Já há algum tempo que um livro de Nora Roberts não me sabia tão bem. E como eu já andava a suspirar por uma trilogia da escritora, foi juntar a fome com a vontade de comer.
Acabei a leitura deste livro deliciada com a história que Nora Roberts imaginou. É um excelente inicio de trilogia que me faz suspirar pelos livros seguintes.
É uma história que fala de família, mundos e tempos diferentes, muito romance, uma guerra contra o mal, um apocalipse. Adorei, adorei, adorei! Já tinha saudades dos livros de Nora Roberts que tivessem magia e finalmente pude ler um livro assim.
Acho, no entanto, que Nora Roberts tem de aprimorar as suas cenas de luta porque sabemos que este matou estes e aqueles com isto ou aquilo, mas muito pouco pormenorizado, não conseguimos visualizar essas cenas. Eu sinto-me como se estivesse dentro da casa, tendo visto as personagens sair para combater os maus da fita (vampiros) e depois vejo-os entrar a dizer "Ah e tal matei estes tanto com isto e aquilo, ou desta ou daquela maneira". Espero que os livros seguintes sejam melhores nesse aspecto.
Quanto ao romance, sendo isto uma trilogia, vamos ter romance em triplicado. Mas já neste livro conseguimos visualizar quem são, porque vai havendo aqui e ali alguma interacção que faz prever isso. O romance deste livro começa logo no inicio e dado que a história ocorre em pouco tempo, é um romance muito rápido, mas é como se se juntassem as duas partes de um só corpo. É bonito :)
Enfim, vou ficar à espera de poder ler o seguinte livro, esperando que me possa deliciar como fiz com este :D
6/7 - Gostei bastante

Sem comentários:

Enviar um comentário