quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Sombras Radiantes - Melissa Marr


SENDO METADE HUMANA E METADE FADA, ANI DEIXA-SE LEVAR PELOS SEUS APETITES.

Esses mesmos apetites também atraem inimigos poderosos e aliados incertos, incluindo Devlin. Este foi criado para ser um assassino e é irmão da fria e lógica Rainha Suprema das fadas, e da sua gémea caótica, a encarnação da Guerra. Devlin sabe que é o único que pode manter Ani a salvo das suas irmãs. E se falhar, será o único responsável pela sua morte.
Mas Ani não é de se deixar proteger enquanto os outros lutam as suas batalhas por si. Tem a coragem de se defender e a capacidade de alterar os planos de Devlin – bem como a sua vida. Ambos se atraem. Ambos se temem. E temem também pela segurança um do outro. Mas, à medida que se tornam mais íntimos, uma ameaça maior coloca em perigo todo o Mundo das Fadas.
Será que ao salvarem o reino feérico vão perder-se um ao outro?

Um romance sedutor e perigoso, de cortar a respiração, e uma intriga sinistra, combinam-se no penúltimo volume da série bestseller do New York Times, Wicked Lovely, de Melissa Marr.


Após dois livros não tão bons, finalmente a série Wicked Lovely voltou com um livro que foi uma lufada de ar fresco, um livro que adorei ler.
Nesta história acompanhamos Devlin, a fada "criada" pelas duas fadas gémeas que personalizam a ordem e a destruição, e Ani, uma híbrida fada-humana com características muito especiais e bem próximas da Caça de quem descende. Devo dizer que adorei ambas as personagens. Devlin ao serviço da lógica (cada vez menos lógica) Rainha Suprema acaba por ser objecto de destruição sendo um dos seus propósitos matar fadas que a Rainha Suprema entenda que devam deixar de existir (ela é mesmo fria - a ordem acima de tudo). Ani é uma destas fadas. Mas por intermédio de várias fadas (havendo uma que eu gostei muito, Rae) Devlin acaba por poupar-lhe a vida, e por meio deste gesto, as suas vidas ficam ligadas e por isso a Rainha Suprema não consegue vê-la. Apesar de servir a Rainha da Ordem, por ter sido criado por esta e pela Destruição, Devlin é uma fada que reprime muito os seus sentimentos e vontades para ser o mais lógico possível como deve ser. Ani é o oposto. Sendo uma filha híbrida do chefão da Caça, o seu alimento é o toque e o sentir as emoções de humanos e fadas, pelo que é muito impulsiva, muito expressiva. Adorei o seu proteccionismo em relação à irmã - tão fofo :)
Sendo personagens ligadas a cortes diferentes a sua relação acaba por trazer novos desenvolvimentos às diversas cortes, e diferentes personagens. Neste livro Bananach, a fada da destruição, puxa cada vez mais fios para a guerra que ela tanto quer - o que me deixa ansiosa pela publicação do último da série - afinal este livro já é o penúltimo...

6/7 - Gostei bastante

Sem comentários:

Enviar um comentário