segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

A Demanda do Dragão - Anne McCaffrey

[Tou a ficar aflita porque ainda me faltam tantos livros para colocar aqui a minha opinião e não falta assim tanto tempo para o ano acabar...] Dito isto, acho que vou começar a colocar uma opinião todos os dias, excepto ao fim de semana.



Mais uma Rotação e os mortíferos Fios voltam a cair. Os audazes cavaleiros e os seus magníficos dragões voadores, uma vez mais, rodopiam e precipitam-se nos céus de Pern. Os dragões lançam fogo, na tentativa de destruir os temíveis filamentos cintilantes, antes que estes atinjam o solo.No entanto, o chefe do Weyr, F’lar, terá de encontrar uma forma mais eficaz de proteger Pern (o seu adorado reino) e antecipar as consequências, ainda mais nefastas, da revolta dos Veteranos… antes que o seu irmão, F’nor, seja imprudente ao encetar mais uma missão suicida… e que os malditos lagartos-de-fogo provoquem mais episódios desastrosos…


Este é um livro que me deixa indecisa em relação se gostei, se gostei muito... Tendo gostado tanto do livro anterior, é óbvio que parti para este com grandes expectativas, mas esta não se satisfizeram com esta leitura.
Este é um livro que começa sete anos (rotações) após o fim do anterior. Muita coisa aconteceu nesse intervalo, coisa que não gostei ao principio, gostaria de ter acompanhado esses acontecimentos, mas compreendo que a escritora tenha querido condensá-los porque haveria coisas mais interessantes para contar.
Nesta história vemos o que a vinda dos Veteranos do passado para o presente trouxe de bom e de mau. Confesso que me arreliei muito com eles - que tacanhos! Conhecemos uma nova raça de animais inteligentes, Impressionáveis e muito aparentados com os dragões :) Uma coisa que olhando para trás também gostei deste livro foi a presença de uma personagem odiável - Kylara. O primeiro livro não dava a conhecer tão bem esta personagem, mas após saber o que esta pensa e como interage com as pessoas nobres, é fácil não gostar dela. Apesar de (quase) nunca gostar deste tipo de personagens nos livros, a verdade é que lhes dá uma outra cor, permite-nos saborear melhor a história.
Seguimos de perto os protagonistas do primeiro livro Lessa e F'lar, embora estes não sejam tão presentes como no anterior. Podemos conhecer melhor F'nor, Jaxom, Brekke, personagens muito relevantes para a história, e que gostei bastante de conhecer. Este miúdo Jaxom tem muito que se lhe diga! - vai ser importante no 3º livro.
A história em si é boa, rica em acontecimentos, embora muitos destes sejam pobres em acção, de maneira que a sua leitura foi lenta e não me entusiasmou tanto como o seu precedente.
[No entanto reconheço que tais tenham sido importantes para o desenvolvimento da trama, a história não chegaria onde está sem eles.] Ainda assim, deixou-me ansiosa pelo último livro da trilogia, muito devido aos últimos acontecimentos deste. Muito neste livro se encaminha para o culminar da história. E que bela história :)

5,5/7 - Gostei muito

Sem comentários:

Enviar um comentário