sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Testemunha Mortal - J. D. Robb

Epá, só faltam 4 dias (incluindo hoje) para o fim do ano, logo 4 dias para eu postar a minha opinião dos 9 livros (quiçá 10) que li este ano e sobre os quais não disse nada aqui, portanto virão em dose tripla. Enjoy :)



Na noite em que a tenente Eve Dallas e o seu marido Roarke assistem à estreia de uma peça de teatro baseada numa história de Agatha Christie, testemunham a morte ao vivo de Richard Draco, o ator principal, assassinado por uma faca real em pleno palco. Eve rapidamente se vê a assumir o clássico papel do detetive que tem de descobrir o autor do crime.
Mas todos os suspeitos tinham uma razão para desprezar a vítima, um misógino que abusava de mulheres, incluindo uma que sabia ser sua filha. O conflito emocional de Eve torna-se mais intenso à medida que avança no caso pois o seu próprio passado volta a assombrá-la. Só Roarke poderá protegê-la e tentar curar Eve do negrume desse passado. Se falhar, talvez não haja um futuro…


[Pensamentos durante a leitura]

  • "Mas será que estes burros não compreendem que se chantagearem o homicida, o que o futuro lhes reserva não é riqueza mas sim a forca???"
  • "Estou a adorar este livro :D"

Disse que estava a adorar o livro enquanto o lia, certo? E a sensação manteve-se durante toda a história. É para mim um dos melhores livros da série, adorei-o do principio ao fim.
Esta é daquelas histórias que não é fácil descobrir o assassino. Temos por aqui e ali algumas confissões deste, o que me fez logo dizer alto e bom som uma característica dele. E fico feliz por não me ter enganado :)
É um caso que mexe muito com várias personagens já nossas conhecidas, principalmente com Eve. A vítima de homicídio não era tão vitima assim, e digamos que o assassínio desta não fez ninguém chorar lágrimas verdadeiras, se houve eram de crocodilo. Por isso já entendem...
É realmente uma história que toca, que nos faz querer ler mais e mais e quando chegamos ao fim, temos pena por ter acabado porque queremos mais. É mesmo uma das melhores histórias da série. Mal posso esperar pelo próximo :D

7/7 - Adorei. Obra Prima.

Sem comentários:

Enviar um comentário