quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Sangue Impetuoso - Charlaine Harris

Sangue Impetuoso (Sangue Fresco, #12)

Sookie tem um homicídio para investigar. Uma rapariga morre numa festa de vampiros e tudo indica que o culpado seja Eric, o seu namorado. Eric jura-se inocente, a polícia não acredita e até Sookie tem dúvidas. E não sente grande vontade de aceitar a sua palavra depois de o apanhar a saborear o sangue da vítima minutos antes da morte. Mas algo estranho se passa. Porque lhe pediram que chegasse à festa fatídica alguns minutos mais tarde apenas para o surpreender em flagrante? E porque «temperou» a vítima o seu sangue antes de se aproximar de Eric? Terá sido apenas por querer ser irresistível ou haverá um motivo mais sinistro?

Sookie terá de descobrir... mas é o pior momento possível para investigar, numa altura em que a sua família fae vive um momento problemático e Sookie acaba por se ver inevitavelmente arrastada. Há ainda uma última complicação: o cluviel dor que a avó lhe deixou. Conceder-lhe-á um desejo que poderá tornar real a maior aspiração do seu coração. O único problema é que ainda não sabe o que o seu coração deseja realmente. Ou quem...


[Pensamentos durante a leitura]
  • É o que eu digo. A pobre da Sookie passa por cada uma... acontece-lhe tudo e mais alguma coisa!
  • Parece, ênfase no parece, que já estão a surgir algumas respostas a certos fios da trama... espero para ver o que vem a seguir :)

Uma das melhores leituras que tive dentro desta saga. É assim que eu posso descrever este livro.
Sendo o penúltimo da longa série que temos vindo a acompanhar, há, finalmente, pontas a serem atadas, destinos a serem escritos. No entanto, não é por isso que a acção para! Pelo contrário, temos a Sookie a ter várias aventuras, a salvar gente, a engolir sapos, mas também a receber várias alegrias.
Mantém o cenário que acompanha Sookie ao longo da trama, isto é, continuo a visualizar os sítios e o ambiente como sempre imaginei ao longo da leitura da série. No entanto, considero este livro melhor, na medida que nos dá certas emoções que nunca tinha sentido enquanto lia os restantes livros.
Como costume, o palco vai ser cenário de algumas mortes, haverá a presença das inúmeras criaturas sobrenaturais, mas até a história destes já está a ver ao fundo o seu fim, o que é bom (afinal este é o penúltimo livro!). Vemos casais a unirem-se, casais a destruírem-se... E tenho a certeza que o fim deste livro poderá deixar-vos a sorrir (como eu) ou deixar-vos macambuzios e furiosos... Confuso? Leiam, não queiram perder esta história, logo agora que está tão perto do fim!
Recomendo vivamente! :)

6/7 - Gostei bastante

Sem comentários:

Enviar um comentário