terça-feira, 12 de março de 2013

Compras from England II


Pois... Não esperava de todo trazer nenhum livro de Inglaterra. E o título do post está muito incorrecto, porque primeiro foi a minha irmã que mo quis comprar. Segundo, porque este livro custou 0,30£. Sim, leram bem. Com o câmbio daria 39 cêntimos. Os livros lá são mais baratos e é possível encontrar facilmente livros usados ou ligeiramente danificados à venda por preços irrisórios como este. 

Twelve Days of Christmas chamou-me à atenção na Biblioteca local, onde estava a ser feita uma venda com livros danificados. Uma vez que esta é a versão inglesa da Noite de Reis (publicado em Portugal há poucos meses), um livro que está na minha lista To Read do Goodreads e tendo em conta o baixo custo, lá veio.

No entanto, li ainda muito pouco. É muito raro eu ler livros em inglês, mas após a adaptação até leio bem. Este está a ser difícil adaptar-me, devido à escrita... Acho que tenho de começar a ter o dicionário ao lado para consultar de vez em quando, porque há realmente frases que não consigo tirar o sentido... :S

Como é que vocês se dão com os livros em inglês? Costumam ler? Tem facilidade em fazê-lo?
Beijinho

8 comentários:

  1. Por norma dou-me bastante bem com os livros em inglês, apesar de não ler muitos.
    A questão de o leitor se dar bem ou mal com um livro numa língua não-nativa prende-se com muitos factores mas na minha opinião os principais são dois: fluência da língua e estilo de escrita do livro. Se a pessoa for barra a inglês (que é este o caso concreto), entende melhor do que uma que está um bocado enferrujada. Por outro lado, um estilo de escrita mais contemporâneo é sempre mais fácil de "captar" do que o estilo dos grandes clássicos ingleses do sec. XIX, por exemplo.

    Beijinho e boas leituras :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Isabel! Concordo contigo, são os dois factores que mais impacto têm na leituras de livros estrangeiros. Eu nem ando muito enferrujada, mas lá está, não sendo barra e tendo em conta a escrita do livro, está difícil empenhar-me na sua leitura. Obrigada pela tua opinião :)
      Beijinho

      Eliminar
  2. Que perdição, livros a 39 cêntimos *.*
    Quanto a ler livros em inglês, por acaso tenho bastante facilidade porque estudei durante muitos anos essa língua (e outras) num instituto e tenho o nível "Proficiency" de Cambridge. Mas pessoalmente prefiro ler em português, simplesmente porque ADORO a nossa língua e porque normalmente gosto mais das edições portuguesas (sim, eu sei, que futilidade xD). Eventualmente vou acabar por apostar mais nos livros em inglês porque são bem mais baratos (e a vida não está fácil)...
    Para te adaptares a ler em inglês acho que seria uma ótima ideia teres um dicionário ao lado! Acho que te vai facilitar imenso, eu no início também utilizava e ajudou muito! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Mónica! Pois é o que vou fazer para este livro! Só tive as aulas normais de Inglês que temos do 5º ao 11º, excluindo um curso que não foi nada de jeito.
      Em relação às edições portuguesas, concordo plenamente contigo, são muito melhores e muito mais bonitas que as inglesas! Daí também o preço! :S
      Beijinho

      Eliminar
  3. Já li mais, mas quero retomar o hábito para não perder ritmo ;)

    No inicio era um suplicio, mas tem tudo a ver com o hábito

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Catarina! Concordo contigo, é mesmo uma questão de hábito. Mas por vezes a própria escrita dificulta um pouco as coisas. Mas é bom para desenferrujar e aprender um pouco mais da língua :)
      Beijinho

      Eliminar
    2. Esqueci-me de subscrever -.-'

      Gostas de SK, certo? Os livros dela, sob o pseudónimo Kinley MacGregor, têm letra grande e linguagem acessível. Se tiveres oportunidade e gostares de highlanders, recomendo a série MacAllister para desenferrujar ;)

      Eliminar
    3. Olá Catarina! Sim, adoro a Sherrilyn Kenyon. Obrigada pela sugestão! Hei-de ver se consigo encontrar. :)
      Beijinho

      Eliminar