quinta-feira, 21 de março de 2013

Relendo... O Guerreiro Lobo de Sandra Carvalho

O Guerreiro-Lobo (A Saga das Pedras Mágicas, #2)

Na sequência dos dramáticos acontecimentos que encerram o primeiro volume desta saga, A Última Feiticeira, Catelyn é levada com os seus captores para a Terra Antiga. Aí, a jovem feiticeira descobre os fios que entretecem o seu próprio destino com o daqueles que agora a acolhem. Descobre igualmente que aquele viquingue que a salvou de uma morte certa é alguém que ela já tinha vislumbrado em intrigantes visões. Throst, filho de Thorgrim, é agora o seu senhor. Mas os segredos do Universo, guardados no topo da Montanha Sagrada são indiferentes aos desígnios humanos. Catelyn anseia por apoiar as mãos na Pedra do Tempo e encontrar a solução para os enigmas que a atormentam, assim como por prosseguir a sua aprendizagem da Arte Superior. Quando o sangue derramado no mar clama por vingança, a heroína enfrenta a mais difícil das decisões: regressar à Grande Ilha, para derrotar Gwendalin e salvar o seu povo, ou permanecer na Terra Antiga, livrar o Guerreiro-Lobo da maldição que o condena, e ajudá-lo na sua grande missão?


Este livro pertence à minha lista de favoritos já há alguns anos. Era o único da Sandra Carvalho existente na biblioteca da secundária onde eu andava na altura, mas nem isso, nem o facto de ser o segundo da saga (e eu não ter lido o primeiro) me impediu de lhe pegar quando lhe coloquei a vista em cima. Aquele título aliado à linda capa, fez com que eu não resistisse e lhe pegasse para o ler. 
Admito que houve coisas que não percebi à primeira ou que demorei a perceber, tão pois claro, não tinha lido o primeiro! Ainda assim, a história que li fez-me gostar muito do livro e ter vontade de lhe pegar várias vezes para o reler inteiro ou apenas certas partes mais marcantes. 
Mais tarde tive oportunidade de ler o primeiro e alguns dos seguintes livros no computador, contudo O Guerreiro Lobo ficou sempre como aquele que tinha gostado mais.
Agora passado vários anos de ter lido alguns dos livros da Saga das Pedras Mágicas, tive finalmente a oportunidade e a vontade de ler a saga toda (o que já está publicado), em formato de livro! E é isso que comecei a fazer este ano.
Já li o primeiro livro, e como vos disse aqui, gostei muito de o ler. No entanto, mal via o tempo em que voltaria a pegar no segundo, aquele que sempre me marcou. No entanto, apesar de ter gostado de o reler, de ler com vontade as partes que mais tinha gostado, a verdade é que esta leitura não correu tão bem ou não me soube tão bem, como aconteceu das outras vezes. E a culpa disso não é do livro. Não. O que acontece é que este ano já reli muitos livros e estou a ver a lista de livros para ler a subir cada vez mais, o que me pressiona - para que é que estou a gastar tempo a reler um livro que quase já sei de cor, quando tenho tantos livros que ainda não li, que ainda não conheço, para ler? 
Portanto, resumindo, o livro não tem culpa. Eu é que deveria escolher um outro momento para o saborear como ele merece. Tenho mesmo pena de inconscientemente estar a pressionar-me a ler outros livos, e de não conseguir apreciar a leitura deste livro fantástico.
A quem nunca leu esta saga, eu recomendo vivamente. É um prodígio no meio da literatura fantástica portuguesa, que merece ser louvado e apreciado. Obrigada Sandra Carvalho pela saga que estás a escrever! :)

7/7 - Adorei. Obra Prima!

2 comentários:

  1. Olá :)
    Deixei-te um selo no meu blogue: http://howtoliveathousandlives.blogspot.pt/2013/03/blog-de-outro-mundo-selo.html
    Espero que gostes ;)

    Beijinhos e boas leituras!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Mónica! Já vi. Vou ver se consigo responder esta semana. Obrigada! :)
      Beijinho

      Eliminar