segunda-feira, 29 de abril de 2013

Despertada - P. C. Cast + Kristin Cast

Despertada (Casa da Noite, #8)

A Casa da Noite aguarda-te. Um local cheio de perigos e segredos onde os jovens marcados têm dois destinos: ou se transformam em vampiros ou morrem destroçados.
Exonerada pelo Alto Conselho dos Vampiros, Neferet jurou vingança contra Zoey Redbird e o domínio que exerce sobre Kalona é apenas um dos planos que pretende usar contra ela. Mas Zoey encontrou refúgio na Ilha de Skye e está a ser treinada pela rainha Sgiach para tomar o seu lugar. Haverá algo melhor do que a ideia de se tornar uma rainha? Porque desejaria voltar para Tulsa? Após a perda de Heath, Zoey nunca mais foi a mesma e a sua relação com o guerreiro Stark também poderá nunca voltar a ser igual…
E conseguirão a vampira Stevie Ray e Refaim continuar juntos? Este recusa ser usado contra ela, mas que escolha tem quando ninguém, nem mesmo Zoey, aprova a relação entre ambos? Irá Refaim trair o seu pai ou escolher o seu coração?
Atenção, a sinopse é bem mentirosa... Quem a fez leu realmente o livro???


[Pensamentos durante a leitura]
  • A ver se ainda vale a pena seguir esta saga. A vontade já não é muita, por isso vamos ver...

Despertada é o oitavo livro da saga Casa da Noite. Comecei a seguir esta saga com algum entusiasmo, afinal sempre se tratava de um mundo diferente, de uma mitologia diferente e, apesar dos sobrenaturais serem vampiros, estes eram muito diferentes dos habituais.
A história ganhou alguma complexidade, mas nem por isso se tornou melhor. Basicamente o que me desagradava em pequena quantidade nos outros livros, foi o que me fez bufar neste. O tom demasiado adolescente dos diálogos das personagens, aparece com termos que não passam pela cabeça de ninguém às colheradas. A mitologia tão bem pensada foi ganhando cada vez mais pormenores que não têm conexão uns com os outros. Muitas das personagens são tapadinhas como tudo. "Ah e tal, toma lá a terceira profecia a falar do mesmo assunto - ah mas não, não quero saber, se eu tapar os olhos e os ouvidos, nada acontece à minha volta...". Este livro perdeu muito devido a estes pormenores, daqueles que se fosse uma pessoa violenta e com pouco respeito pelos livros atirava-o para o outro lado da sala! Até o romance entre Refaim e Stevie Ray perde interesse neste livro!
É pena, realmente, porque se a história fosse bem contada, com um fio condutor bem definido, com as coisas bem ligadas, com personagens não tão panhonhas, mais complexas e não tão estereotipadas, a saga ganhava e muito.
Portanto, só volto a pegar nesta saga quando tiver muita vontade de voltar a ela, com muito tempo para ler e com poucos livros interessantes... portanto, com uma probabilidade muito reduzida.

3/7 - Nem gostei nem detestei

Sem comentários:

Enviar um comentário