quarta-feira, 17 de abril de 2013

Traição Mortal

Traição Mortal (Série Mortal, #12)

Durante uma gala no luxuoso Hotel Palácio Roarke, uma criada prestes a começar mais uma noite de rotina encontra o seu pior pesadelo. Um assassino deixa-a morta e estrangulada. Eve Dallas está presente no evento e torna-se imediatamente a detetive encarregue do caso.
Os resultados de ADN apontam para um assassino em série, procurado pelo FBI, que está à solta há mais de quarenta anos. Mas neste estranho caso, conhecer o assassino não basta para resolver o crime. Há mais alguém envolvido. Alguém com motivos pessoais.
Como se não bastasse, Roarke acaba de receber a visita de um velho amigo dos seus anos como ladrão e vigarista em Dublin. Para Eve o momento da chegada é muito suspeito e, para complicar as coisas, tudo aponta para a aterradora possibilidade de o próximo alvo do assassino ser o seu próprio marido. Conseguirá ela travar a tragédia a tempo?


Hum.... Traição Mortal é mais um livro delicioso da fantástica escritora Nora Roberts que escreve esta série como J. D. Robb. Apesar de ser o número 12, não torna a série chata, aborrecida nem parece que a história se arrasta. Cada volume trata de um crime, um homicídio (ou vários) complexo(s) que vai levar Eve Dallas a tudo para conseguir encontrar o responsável.
Neste caso, temos um homicida bem conhecido, com métodos bem característicos (embora nojentos ou arrepiantes) que já é procurado há quarenta anos pelo FBI, Interpol, etc, etc, etc. Vamos ver a Eve às turras com dois agentes do FBI por causa deste assassino. O quanto eu gostava de lhes dar uma malha (principalmente ao mais idiota)! Mas apesar do assassino ser bem conhecido, os motivos não são tão evidentes, e só os iremos perceber bem mais à frente.
Peabody e McNab vão continuar às turras, neste livro então mais ainda do que o costume! Mas desculpem lá, acho que o McNab tem mais razão! Embora que a retaliação tenha sido muito baixa... :S Quase que parecem dois miúdos!
Por fim, temos também uma personagem nova, vindo do passado de Roarke, Mick. É uma personagem de quem gostei, embora o Galahad goste ainda mais dele. É uma personagem complexa, com segredos. Será que estes estão envolvidos com o homicídio? Ou o seu aparecimento é para nós suspeitarmos dele? Mistérios, mistérios... mas vou deixar que vocês os resolvam xD
Este é mais um livro fascinante da série In Death que a Nora Roberts escreve tão maravilhosamente. É um livro para desfrutar, ansiar pela vida de Eve e Roarke, face a um assassino tão frio e eficaz, e pensar e suspeitar de tudo e de toda a gente, tentando encontrar os culpados antes de estes serem revelados. É um livro que recomendo totalmente. Entretanto, fico à espera do próximo :D

6/7 - Gostei bastante

Sem comentários:

Enviar um comentário