terça-feira, 30 de julho de 2013

Orbias, O Demónio Branco - Fábio Ventura

Orbias - O Demónio Branco (Orbias, #2)

As coisas mudaram desde a derradeira separação entre a Terra e Orbias há um ano atrás. Noemi é agora uma estagiária na redacção de uma revista em Grand City, leva uma vida solitária e mantém pouco contacto com Adam e Lorelei. Mas enquanto se esforça para esquecer todos os trágicos acontecimentos do passado, o inesperado acontece: os seus poderes de Omnisciência regressam e volta a transformar-se em Guerreira. Para piorar a situação, está constantemente a ver a face de Sebastian e a sentir o seu perfume. Será que afinal os mundos não foram definitivamente separados? Será possível o regresso a Orbias, para junto das outras Guerreiras? Na sua loucura obsessiva, Noemi convence-se a si própria de uma coisa: Sebastian está vivo!


Atenção: Não li o livro todo. Aliás, não consegui passar da página 44. Portanto a minha opinião baseia-se nisso.

Deprimente. Nas quarenta e quatro páginas que li, acompanhei a vida de Noemi, na sua procura por Orbias, uma vez que tem sentido novas ligações com essa realidade paralela. Vida essa deprimente, triste e sem vida mesmo, que me tirou o pequeno interesse que ainda tinha pela obra. É verdade que revela certas realidades que acontecem no mundo real, deprimentes, tristes e verdadeiras, mas que ainda assim não conseguiram despertar o meu interesse. Acabei por ter resposta à maior pergunta com que fiquei do primeiro livro, uma situação que não fazia o mínimo sentido. E acabei por perder todo o respeito pelos supostos amigos da Noemi, que acho que tinha gostado no primeiro livro. Esta perda de respeito acompanhada pela falta de interesse pela personagem em que Noemi se transformou a par da história que não me desperta interesse ( que nem a situação onde parei em que ia começar a acção me fez repensar em largar o livro) fez-me desistir completamente da série. Queria dar-lhe uma segunda oportunidade apesar da opinião que tive do primeiro livro mas não consegui. Para mim não valeu a pena.

0/7 - Não li/Detestei

Sem comentários:

Enviar um comentário