sexta-feira, 23 de maio de 2014

Paixão Bordeaux - Rosie Thomas


Paixão Bordeaux
Celebration

Rosie Thomas
Livro Único

Editora Saída de Emergência (2009)
287 páginas

Origem: Biblioteca
3/7 - Não gostei nem detestei (não vale o esforço de odiar...)




Para Bell Farrer, uma jornalista de vinhos em ascensão, esta é a grande oportunidade da carreira: entrevistar o eremita Barão Charles de Gillesmont, do Château Reynard em Bordéus, e o génio dos negócios Valentine Gordon, da Adega Pedra Seca na Califórnia. Comparar o Velho Mundo e o Novo, a paixão e o lucro, séculos de tradição e a mais recente tecnologia. Mas, subitamente, a carreira é a última coisa na cabeça de Bell. Ao investigar a vida de ambos, descobre que a rivalidade dos dois ultrapassa o mundo dos negócios. Em tempos, eles disputaram o amor da mesma mulher. Mais do que adversários, tornaram-se inimigos. E tudo se agrava quando a história parece repetir-se, e Bell desperta em ambos o mesmo sentimento. Como pode ela, amar um, e sentir-se atraída pelo outro? Só aventurando-se à vez, em ambos os mundos, poderá finalmente reconhecer o seu lugar…


Coisa chata. Perda de tempo.
Comecei esta leitura com algumas expectativas, a sinopse parecia ser interessante... Contudo, deixei de entender/compreender a protagonista desde muito cedo. Esta tem uma história complicada, com o seu pai a desmoronar-se após a morte da mãe e a deixá-la sozinha no mundo muito cedo, depois há o noivado rompido com Edward que continua a gostar dela mas que ela só vê como o melhor amigo dela - mas isto acaba por não ser importante para a história. Resumindo, isto parece uma história de ping-pong entre Charles, o barão francês frio mas que por dentro parece ter algo que Bell consegue ver e que continua a tradição da sua família no que toca às vinhas e por outro Valentine, o seu maior inimigo, um playboy, que utiliza as melhores e recentes tecnologias no que toca a fazer vinhos e que atrai Bell.
No início apesar de achar o "amor" entre Bell e Charles muito repentino, até tentei gostar do homem, mas ao longo da história comecei a desinteressar-me... Já Valentine, desgostei dele logo desde o início e nem o fim me fez gostar dele - apesar de parecer nutrir sentimentos por Bell, sempre que esta se afastava, lá estava ele com outra no colo, pelo que nunca me soou verdadeiro.
Passei grande parte da leitura a perguntar-me qual seria o objectivo da história, já que parecia não haver um fim para Bell e lá o fim esclareceu-me que sim, haveria um fim feliz para Bell, mas no entanto não foi coisa que me convencesse e não me impediu de continuar a achar isto uma grande perda de tempo. Aliás, apesar de haver outro livro desta autora cuja sinopse me interessou, acho que não vou pegar em mais nenhum livro dela - parece só ter histórias de ping-pong, muito nhé (ou seja, desinteressantes).

4 comentários:

  1. nunca percebi o interesse nesta autora para ter tanto livros publicados por cá...já houve uma altura, em que até os leria porque eram da SDE (oh como as coisas mudaram) mas mesmo pelas sinopses nunca me pareceram muito interessantes...e não acredito que esta venda mais do que a Linda Howard, por exemplo... :P

    beijinhoo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Mafi! Agora é que disseste tudo! Como é possível publicarem mais desta autora do que da Linda Howard, quando os livros da Linda são mil vezes melhores? Também é coisa que não percebo :/
      Beijinho

      Eliminar
    2. A verdade é que ao fim de 3 livros da Linda deixaram logo de publicar e embora também já não publiquem mais a Rosie Thomas, ainda manteve-se no mercado muito mais tempo que a LH...

      Estou mortinha para chegar à banca da sde e perguntar pelos próximos lançamentos, mas com o pó que lhes tenho agora nem sei se eles dizem e nem sei se quero saber o que vem para aí...

      beijinhoo

      Eliminar
    3. Pois, também não percebo... Ainda publicaram um número considerável de livros da Rosie Thomas, que se forem como os que eu li, são bastantes desinteressantes enquanto que os da Linda Howard que são mil vezes melhores, ficaram-se por três. A sério que não percebo a lógica deles.
      E a desilusão com esta editora aumenta de dia para dia :/

      Eliminar