quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Oceanos de Fogo - Christine Feehan


Oceanos de Fogo
Oceans of Fire

Christine Feehan
Drake Sisters #3

Saída de Emergência (2012)
352 páginas

Origem: Biblioteca
3/7 - Não gostei nem detestei




Sete irmãs… Venha conhecer a história de Abigail Drake, uma das sete irmãs Drake dotadas de poderes elementares, e a sua profecia de amor...

Sendo a terceira filha de uma linhagem mágica, Abigail Drake nasceu com uma afinidade mística por água e dotada de laços particularmente fortes com golfinhos. Ela passou toda a sua vida a estudá-los, a aprender e a nadar com eles nas águas do mar da sua cidade natal, Sea Haven…

Até ao dia em que testemunhou um assassinato a sangue frio na praia à beira-mar e deu por ela a fugir para salvar a sua vida, indo cair nos braços de Aleksandr Volstov. Ele é um agente da Interpol a seguir o rasto de antiguidades russas roubadas. Um homem implacável que obtém sempre aquilo que pretende, e o homem que já destroçou o coração de Abigail. Mas ele não permitirá que a única mulher que alguma vez amou fique em perigo, ou que lhe escape por entre os dedos…


Uma família composta por sete irmãs, cada uma com o seu poder específico de magia. Poderosas. Romance. Crime. Mistério. Tudo isto daria um livro que juntamente com os outros daria uma boa saga, certo? Não. Decididamente não. Porque a autora faz destas mulheres especiais umas mulheres tão fraquinhas, com tantos medos, indecisões e sem poder de acção que uma pessoa até se pergunta: então mas afinal elas têm poderes para quê? Parece que nunca fazem diferença na história! Tudo isto, juntamente com um romance sem sal, mas onde rapidamente se avança para a parte mais íntima e um mistério/crime que não são desenvolvidos como deve ser e que sendo simples, tornam-se confusos, dá um livro desinteressante. Tinha tudo lá, tudo para dar certo, para dar um livro/saga espectacular. Infelizmente dá um livrito que se lê com algum custo e que não entusiasma.


Livro anterior

2 comentários:

  1. Já tinha lido opiniões não tão bem estruturadas como a tua, que é tipo, basicamente: "ficou tudo dito", mas a referirem-se a ele no mesmo tom.
    Eu não sou uma pessoa capaz de "ler a custo", ou leio, ou não leio.
    Dizem que muitas vezes perco boas histórias que só ficam mesmo boas lá mais para o fim, talvez...
    Mas não tenho esse tal "poder" xD de ler a custo. Desisto logo (mal de mim, mas paciência)
    Sendo assim vou virar-me para outros livros que me entusiasmem mais, pois estou numa "crise literária" em que já comecei uma dúzia de livros e não acabei nenhum, nenhum me "agarra" :(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Liliana. Por ter essa esperança que os livros melhorem para o fim é que eu persevero em muitas leituras. Algumas vezes vale a pena, outras não. Neste caso é óbvio que não valeu de todo a pena. Mas deu para decidir que não volto a pegar mais na série. Tinha potencial, mas foi muito mal aproveitado.
      Beijinho

      Eliminar