quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Predestinado - Philippa Gregory


Predestinado
Changeling

Philippa Gregory
Order of Darkness #1

Cilização Editora (2012)
312 páginas

Origem: Biblioteca
5/7 - Gostei



Estamos em 1453 e todos os sinais apontam para que o fim do mundo esteja iminente. Acusado de heresia e expulso do seu mosteiro, Luca Vero, um atraente jovem de 17 anos, é recrutado por um misterioso estranho para registar o fim dos tempos por toda a Europa.
Obedecendo a ordens seladas, Luca é enviado a cartografar os medos da Cristandade e a viajar até à fronteira do bem e do mal. Isolde, de 17 anos, abadessa, está presa num convento para impedir que reclame a sua enorme herança. Quando as freiras ao seu cuidado enlouquecem com estranhas visões, sonambulismo e exibindo estigmas, Luca é enviado para investigar e todas as provas incriminam Isolde.
No pátio do convento constrói-se uma pira para a queimar por bruxaria. Forçados a enfrentar os maiores medos do mundo medieval – magia negra, lobisomens, loucura – Luca e Isolde embarcam numa busca pela verdade, pelo seu próprio destino e até pelo amor, enquanto percorrem os caminhos desconhecidos até à personagem histórica real que defende as fronteiras da Cristandade e detém os segredos da Ordem das Trevas.


Ainda não tinha lido nada da Philippa Gregory que não fosse da história do Reino Unido, pelo que foi com alguma hesitação e curiosidade que peguei neste livro. Por ser apenas baseada numa época e não em personagens reais, a autora teve mais liberdade para escrever este livro, facto que se nota. No entanto a diferença não fez com que eu desgostasse do livro e se, em certos momentos, não me cativou muito, houve outros onde me chamou o interesse a ponto de querer reler essas partes.
É um bom livro, fácil de se ler e com personagens interessantes (que sendo complexas, espero que sejam mais desenvolvidas no futuro) e espero que esta história possa continuar de uma boa forma. Felizmente já temos o segundo livro da trilogia em português, pelo que penso que não tardará a ver como será a continuação.

Sem comentários:

Enviar um comentário