segunda-feira, 18 de abril de 2016

Começar de Novo - Nora Roberts


Começar de Novo
Tribute

Nora Roberts
Livro Único

Saída de Emergência (2014)
407 páginas

Origem: Biblioteca
6/7 - Gostei bastante


Cilla McGowan, uma típica rapariga da cidade, encontrou uma vida nova na restauração de casas antigas. Quando chega ao maravilhoso vale Shenandoah, na Virgínia, dedica-se salvar a velha quinta que pertenceu à sua avó – uma atriz lendária que morreu há mais de trinta anos.

Cilla mergulha no projeto com todas as suas energias, ocupada e exausta demais para notar no seu vizinho, o artista de BD, Ford Sawyer. Determinada a não ceder à tradição familiar dos romances falhados, Cilla resiste ao charme de Ford, mesmo quando não consegue evitar algumas fantasias.

Mas a realidade reserva alguns perigos para Cilla. Ao encontrar cartas anónimas no sótão, que apontam para um romance misterioso na vida da sua avó, despoleta um assalto violento. Cilla, com a ajuda de Ford, descobre que há segredos que a tornam um alvo a abater e, se quer evitar desaparecer prematuramente como a sua avó, terá que desvendar o passado para, quem sabe, começar de novo na casa dos seus sonhos…


Começar de Novo é uma história sobre recomeços, redescobertas e histórias antigas vindo ao de cima.
Começamos a acompanhar Cilla, uma mulher que abandonou uma vida decadente de ex-estrela para se dedicar a restaurar casas, justamente quando ela vai para o lugar que sente poder ser o seu lar, assim que reconstruído - a quinta da sua avó, uma actriz muito famosa que se suicidou cedo, mas em cuja vida se baseia a vida da mãe de Cilla e se poderia basear a sua também. Ao contrário do que diz a sinopse, Cilla não está demasiado ocupada e exausta para notar no seu vizinho, Ford Sawyer, o desenhista gráfico (Quem escreveu a sinopse não leu o livro, só pode!). Pelo contrário, Ford insinua-se na sua vida logo desde cedo na história. E ainda bem, já que vai ser uma peça fundamental para que Cilla permaneça forte face às adversidades que vai combater enquanto restaura a quinta da avó. Essa restauração veio inflamar ódios antigos, veio revelar coisas escondidas e há quem não esteja nada contente pela neta da famosa Janet estar a reconstruir aquilo que foi um lugar de desgraça, um lugar que deveria enterrar-se no desmazelo a que tinha sido devotado durante décadas.
Esta é uma boa história onde o romance não predomina em todas as páginas, mas onde há amor de várias espécies a pedir para ser demonstrado e onde o amor que não deveria ter acontecido vai trazer o que há de pior nas pessoas.
Esta é Nora Roberts num dos melhores livros que tem escrito mais recentemente.

2 comentários: